Letras de canciones
Vota: +0


Idiomas
 

Traducción automática
       
NOTA IMPORTANTE El uso de traducciones automáticas suele dar resultados inesperados.
 
Aparece en la discografía de

Fuga e antifuga


(Marcha-rancho em forma de fuga)

A viver o que existe
E que é só tristeza
É melhor já ser triste
E não ter o que esperar

A esperança resiste - É uma ilusão
A qualquer incerteza - Desilusão
A suprema pobreza - Oh, solidão
E não ter o que esperar

É melhor desesperar
É melhor desconhecer
É melhor desenganar
O coração que vai sofrer

Só o amor nos eleva - É um adeus que nunca finda
Só o amor nos exalta - Ai, quem me dera o esquecimento
Sempre que ele nos falta - É tão grande o sofrimento
É a treva e a solidão

Oh, tristeza infinita - Deixa em mim teu desespero
Que não há quem conforte - Um dia chega a primavera
O amor e a morte - Sou a vida que te espera
É a treva e a solidão

Vem sem mágoa e sem adeus
Vem banhar-te em minha luz
Vem plantar a tua cruz - Minha cruz
Dentro da cruz dos braços meus
Oh, vem amar!

E quando eu quiser partir
Quando a noite me chamar
Quando o sonho me vier?
Saberei te compreender
Sou mulher, sou mulher, sou mulher, sou mulher
Sou mulher pra te servir

Orquestra

Sou mulher pra te encontrar
Sou mulher pra te perder
Sou mulher pra te ofertar
Tudo o que é lindo no meu ser
Pra te amar até morrer

Oh, amor infinito - Oh, vem, meu amado senhor
Oh, divina certeza - Matar minha sede de amor
Nunca mais a tristeza - Amor, vem plantar tua cruz
Quero amar sem mais adeus - Vem amar sem mais adeus
Nos braços teus - Nos braços meus

Meu amor infinito
Vamos juntos embora
Na esperança da aurora
Que da noite vai raiar
Meu amor infinito! - Meu amor!
Meu amor, vem amar! - Vem amar!
Vem amar! - Meu amor!
Meu amor! - Vem amar!
Meu amor vai raiar no infinito
Seu tempo de adeus

- Meu amor, vem aos braços meus!










 
  

PUBLICIDAD
PUBLICIDAD

 

LO + EN CANCIONEROS.COM

 

HOY DESTACAMOS
XXI Feria Internacional Cubadisco 2017

el 14/05/2017

La espiritualidad de la obra del cantautor Silvio Rodríguez marcó la gala inaugural de la XXI Feria Internacional Cubadisco, dedicada este año a la trova.

HOY EN PORTADA
22 Festival BarnaSants 2017

por Xavier Pintanel el 19/05/2017

La trovadora chilena Elizabeth Morris fue la protagonista del sexto de los conciertos dedicados a Chile como país invitado en la vigésimo segunda edición del festival BarnaSants en la sala barcelonesa Harlem Jazz Club, contando con Marta Gómez como invitada. Además de homenajear a Violeta Parra en el centenario de su nacimiento, presentó Encuentros y despedidas, su cuarto disco, elegido por CANCIONEROS como uno de los discos imprescindibles del 2016.

 



© 2017 CANCIONEROS.COM, CANDIAUTOR 2010 SL

Notas legales

Qué es cancioneros
Aviso legal
• Política de privacidad

Servicios

Contacto
Cómo colaborar
Criterios
Estadísticas
Publicidad

Síguenos

  

 

Acceso profesional