Wado e Realismo Fantástico

Lucrécia

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Num velho navio Lucrécia partiu rumo ao continente antártico
Não sabe não viu de onde surgiu o interesse, amor enigmático
O tempo está bom e um passeio lhe agrada
Aos tripulantes a proa é liberada
Às três da tarde avista extasiada
A primeira montanha congelada

É uma linda geleira seu sorriso é enorme está feliz Lucrécia
Deita e dorme

E acorda de noite meio mareada
Rejeita a janta respira o ar
De água salgada
E o dia amanhece
Mais cedo que nunca
Imersa na água quente
Dentro da ilha vulcânica

E andava nos botes passeava nas ilhas
Como num raro filme era bem feliz sozinha
Junto das baleias e perto das focas durante nove dias
Sem nenhum peso nas costas


Autor(es): Alvinho Cabral / Dinho Zampier / Wado

Canciones más vistas de