Lugar comum

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu não vou dizer te quero, te amo
Porque cairá no lugar comum
Não desejo ser entre seus milhares
De admiradores apenas mais um
Não conseguiria pronunciar palavras
Ante seus encantos paro e fico mudo
Nem será preciso porque em silêncio
Os meus olhos tristes vão dizendo tudo

Sem eu perceber
Não pude fugir
No lugar comum
Também vim cair
Disse que te amo
Que a você me entrego
E porque agora
Pesa ainda mais
A cruz que carrego

É comum dar flores à pessoa amada
Fazer poesias com o nome dela
Dizer galanteios com frases formadas
Fazer serenata em sua janela
Só não é comum alguém arrastar
Um corpo sem vida que de amor morreu
Fingir que está vivo, viver de saudade
Este alguém existe, este alguém sou eu

Las canciones más vistas de

José Fortuna en Julio