Luz Negra

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Sempre só
Eu vivo procurando alguém
Que sofra como eu também
E não consigo achar ninguém
Sempre só
E a vida vai seguindo assim
Não tenho quem tem dó de mim
Estou chegando ao fim.
A luz negra de um destino cruel
Que ilumina este teatro sem cor
Onde estou desempenhando o papel
De palhaço do amor
Sempre só
E a vida vai seguindo assim
Não tenho quem tem dó de mim
Estou chegando ao fim.


Autor(es): Jards Macalé

Las canciones más vistas de

Nara Leão en Septiembre