Malbec

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Pra perder o chão
Estender a mão para um furacão inconsequente
sorrir sem um coração
pra te oprimir
pra te consumir como metástase

Ossos de cobre bebendo energia
como um raio partindo seus dias
os olhos do pobre diante da loteria
como um raio partindo seus dias
o homem que sofre cumprindo monogamias
como um raio partindo seus dias
o beijo sem laço o seu corpo é só companhia
como um raio partindo seus dias

procurei sair
te persuadir de que sou em vão
indiferente pra mim
é o que não destrói
e traz equilíbrio pra te adestrar
como um leão no circo


Autor(es): Beto Cupertino

Las canciones más vistas de

Violins en Octubre