Maldito Motel

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Pra ter liberdade e ser fiel
Deixei a esposa mais independente
Não era preciso mais sair com ela
Porque um carro lhe dei de presente
Ao vê-la sair eu ficava sorrindo
E para o motel com a outra eu ia
E quando pensava estar enganado
A mesma moeda ali recebia

Maldito motel inferno da estrada
Transformou em nada meu mundo de amor
Agora sem carro, esposa e amante
Sou mais um errante no mundo de dor

Numa fria noite ao sair do motel
A esposa em seu carro ali avistei
Estava saindo abraçada com outro
Corri lhe chamando, mas não lhe alcancei

E arrependido voltei para a outra
Mas vi seu carro saindo também
Saí cabisbaixo andando sem rumo
E hoje não tenho amor de ninguém

Las canciones más vistas de

Abel e Caim en Octubre