Malditos Astros

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

nasci faz tão pouco
e já morri na mágoa de viver
de tão pequeno que fui deus nem me viu
ou se me viu era tarde
pois quem já nasce magoado
morre magoado até o fim
não quero não devo falar de ninguém
talvez a grande culpa
seja mesmo dos astros
ah... malditos astros
que me regem os passos
mortos passos
profundamente magoados
pesarosamente cientes
de suas rotas impassíveis


Autor(es): Humberto Espíndola

Las canciones más vistas de