Mangueira 1980

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Excitando a mente à poesia
O poeta descobria
Momentos de raro prazer
E nesta linda melodia
Coisas nossas do dia-a-dia
A Mangueira vem trazer
Juruna, fantasia e frevo
Petrobras sondando o mar
Coisas que ora descrevo
E ainda há mais para narrar

Frutas de todas as cores
Num pomar de pureza
Os mais diversos sabores
Obra da mãe natureza

E no campinho a gurizada
Atrás de uma bola a rolar
Mata no peito, dá lençol, faz embaixada
Se torce o pé vai rezadeira curar
Rosto colado a noite inteira
Baila-se na gafieira
Se há bebida, há comida e violão
Tem sempre um pagode do bom

Quem vai mais, quem vai mais
Pode parar que o galho é valete e ás


Autor(es): Aylton Da Mangueira / Carlos Roberto / Ney Da Mangueira

Las canciones más vistas de

Beth Carvalho en Septiembre