Lua cheia

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Lua cheia
--------------------------------------------------------------------------------



Lua cheia apareceu por trás do monte
Era ontem quando tudo aconteceu
Eu voltava do sepulcro de um amigo
Que de amor por uma mulher morreu
Foi comigo exatamente certa vez
Ele era seresteiro como eu
Da janela da amada em serenata
Cantou algo que muito me comoveu

Lua
Manda a tua luz prateada
Desperta a minha amada
Esta canção ele cantou
Pra mulher que tanto amou
Na sua vida passada

Essa lua era a mesma aquela lua
Que pra sua idolatrada ele exclamou
Ela veio pratear a campa fria
Do eterno apaixonado que tombou
O violão que era dele ia comigo
Que um dia antes da morte me entregou
Afinei cantei ontem para a lua
Toda a màgoa que consigo ele levou

Lua cheia dos eternos namorados
Inspirados no teu sublime luar
Eu tambem busco em ti a poesia
Para agora o meu amigo homenagear
Companheiro por ti estou vendo a lua
Lá no alto provocando o meu cantar
Esta lua que te uniu ãquela ingrata
Fará hoje o pranto dela derramar

Lua
Manda a tua luz prateada
Desperta a minha amada
Esta canção ele cantou
Pra mulher que tanto amou
Na sua vida passada

Velho amigo lá no céu já entre tantos
Desencantos de uma mulher que erra
Estão todos já bem acima da lua
Essa lua que mil versos ela encerra
Também vai encerrar minha canção
Para o amigo que ontem deixou a terra
No amor quando um ama e o outro não
É mais triste do que a sina de uma guerra
Fim.


Autor(es): Teixeirinha / Vitor Mateus Teixeira

Las canciones más vistas de

Teixeirinha en Julio