Lugar Nenhum

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Vindo de lugar nenhum, indo pra lugar algum
Correndo além do horizonte, não fica bem longe
Vou seguindo o meu caminho na esperança de recomeçar
O meu castelo já caiu algumas vezes, mais o tempo
Me ensinou a superar
Sonhos de uma vida inteira, sonhos de um simples verão
Sonhos só de brincadeira, ficaram no coração
Sonhos de uma vida inteira, sonhos de um simples verão
Sonhos só de brincadeira, ficaram no coração
Minha pobre geração, teve participação
de transformar o mundo de hoje em dia
vocês conseguiram, seca na Amazônia
Tsunami na Ásia, furacão na América, tufão na China
Guerras civis aleatórias transformaram nosso mundo
numa verdadeira nicotina
E foi ai que eu descobri embaixo dos escombros
Havia uma frase que dizia assim:
o mundo não giram em volta dos seus ombros
Sonhos de uma vida inteira, sonhos de um simples verão
Sonhos só de brincadeira, ficaram no coração
Sonhos de uma vida inteira, sonhos de um simples verão
Sonhos só de brincadeira, ficaram no coração
Vindo de nenhum lugar, indo pra lugar nenhum
Parem o mundo que eu quero descer, pois aprendi
tudo que eu tinha que aprender...


Autor(es): Paulo Ribeiro / Régis Nogueira

Canciones más vistas de

Régis Nogueira en Agosto