Menina-Mulher

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Foi chegando calada
A garganta molhada
De um orgasmo qualquer
De menina-mulher

Um pecado suposto
Escondido no rosto
Até não mais puder
Se a família souber
Da menina-mulher

As revistas no quarto
Causariam infarto
Sem pudores sequer
Da menina-mulher

No jantar comportada
Em segredo ouriçada
Masturbando um talher
Se a família souber
Da menina-mulher

Sonegando amantes
Em passeios errantes
De quem prova um couvert
De menina-mulher

Sem pensar no futuro
Vai pulando seu muro
Conhecer mal-me-quer
Se a família souber
Da menina-mulher


Autor(es): João Prista

Las canciones más vistas de

João Prista en Octubre