Manoela

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Minha sobrinha nasceu
Dizem que o cabelo dela é parecido com o meu
15 de julho de 2004 foi aquele ano
Que veio ao mundo minha sobrinha para quem estou rimando

Uma menina mandada pelos anjos
Já somos três marmanjos
(Foi Deus quem escolheu)
Minha sobrinha, guerreirinha, Manoela nasceu
Com a saúde de Deus, tudo se resolveu

E depois de tanto eu pedir uma menina pra isso aqui
Eu Alan na rima mais velho dentro de casa
Só macho grandalhão já não dava
Minha mãe muito reclamava
(Mas tudo mudou)
A Vó agora está feliz porque a Manoela chegou

Anda pela casa brinca sempre bem alegre
Traquineira, vai aprender algo em breve
Mas não tem problema, é a saúde da criança
Já aprendeu a engatinha vejo no rosto a esperança

A menina virou poesia como o Sol pela manhã que surgiu
Trouxe inspiração, fiz uma canção, vai sair no CD do tio
Trouxe amor e esperança, vejo em mim as mudanças
Tenho um caminho a seguir sinto o abraço de uma criança

Vejo a vida de outra forma como nunca enxerguei
Percebi o tempo passar e a vida também
Mas não tem problema estou vivo e agradeço a Deus
Hoje eu vivo a cantar porque minha sobrinha nasceu

Hoje eu enxergo as minhas mudanças
Efeito do amor de uma criança
Os meus problemas, desapareceu (Graças a Deus)
Minha sobrinha nasceu

Hoje eu enxergo as minhas mudanças
Efeito do amor de uma criança
Cabelo enrolado igual o meu
Minha sobrinha nasceu

Eu já fui ego, ignorante, errei na embriagues
Hoje minha linda sobrinha nasceu vivo na lucidez
Olhei para o lado e enxerguei que nessa não estou sozinho
Tenho que lutar pelos meus e seguir o melhor caminho

A foto da minha sobrinha está no perfil do meu celular
Pra quando acordar lembrar de lutar e sempre guerriar
Pela melhoria, os longos dias não estão fáceis pra ninguém
Da o meu melhor, sem vacilar, não posso mais perder o trem

A minha princesa ao invés de ser corintiana, ensinaram a ser palmeirense
Pela vó, o pai e a mãe, fazer o que a maioria vence
Mas quem sabe ela faça Rap, música e estude como eu
Pode ser cantora, artista, mas desde que deixe o cabelo enrolado como o meu

Alan na rima escreve para não perder as forças e as esperanças
Veja a vida virou poesia e trouxe para mim enorme mudança
Eu enxergo as minhas mudanças e agradeço à Deus
Foi o efeito do amor de uma criança minha sobrinha nasceu

Hoje eu enxergo as minhas mudanças
Efeito do amor de uma criança
Os meus problemas, desapareceu (Graças a Deus)
Minha sobrinha nasceu

Hoje eu enxergo as minhas mudanças
Efeito do amor de uma criança
Cabelo enrolado igual o meu
Minha sobrinha nasceu


Autor(es): Alan

Canciones más vistas de

Alan Na Rima en Octubre