Olívia Hime

María clara

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Maria Clara das noites fulêras
Das vadiagens,
Da língua de benjoim,
Primeira nas mulecagens,
Tontura de cauim.

Minha mestra nas traquinagens,
Por que não voltas pra mim?
Seu beijo flor de viagem,
Macio feito jasmim...
Seu beijo flor de viagem,
Macio feito jasmim...
Minha mestra nas traquinagens,
Por que não voltas pra mim?

Maria Clara foi vida e morte pra mim.

Maria Clara do cheiro gostoso,
Do corpo doce que vinha pra farriar,
Maldosa, atrás do celeiro,
Mexendo igual cambucá,
Suando igual aguaceiro
No colo pra me afogar,
Fugia dele o segredos,
Perfumes de manacá
Fugia dele o segredos,
Perfumes de manacá
Suando igual aguaceiro
No colo pra me afogar.

Maria Clara foi vida e morte pra mim.

E tinha um jeito fogoso de égua,
De andar doida já pronta pra cavalgar,
E eu aprendiz, mais novo,
E ela pra me ensinar,
Me punha sobre os seus dorsos,
Nos prados verdes de amar,
Forçava um galope louco
Até o dia raiar
Forçava um galope louco
Até o dia raiar
Me punha sobre os seus dorsos,
Nos prados verdes de amar

Maria Clara foi vida e morte pra mim.


Autor(es): Claudio Cartier / Paulo César Feital

Canciones más vistas de

Olívia Hime en Agosto