Minha Historia

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Fiz do amor meu par meu pão
Libertei o meu viver
Minha amada em minha mão
Pra de noite me aquecer
Eu parti
Caminhei por caminhos tão distantes
Fiz da vida um só instante
E nem mesmo as pedras do meu chão
Não mudaram a minha estrada
Pois o amor ia em minha mão
Fiz do amor meu mar meu chão
Meu chegar e meu viver
Minha amada em minha mão
Pra de noite me aquecer
Eu parti
Caminhei longe léguas
Longe estradas
Longas noites madrugadas
Mas em qualquer canto e como for
Minha vida é minha estrada
Minha glória é viver de amor

Classificada entre as 36 finalistas do 2º Festival Internacional da Canção Parte Nacional - 1970


Autor(es): Arthur Verocai / Ivan Lins / Paulinho Tapajós

Canciones más vistas de