Martelo Na Cabeça

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Novamente os dois martelos
Se encontram num vai e vem
Um bate e outro rebate
Na cabeça de alguém
Nalva eu vou bater na tua

Bato na tua também
Bato na tua também
Nalva eu vou bater na tua
Quando o meu martelo bate
Até o teu santo recua
Teixeirinha eu te arrebento

Cara de batata crua
Cara de batata crua
Teixeirinha eu te arrebento
Tu hoje está violenta
Eu também sou violento
Nalva tu não canta nada

Cara de pão sem fermento
Cara de pão sem fermento
Nalva tu não canta nada
Sexta-feira eu te despacho
Na primeira encruzilhada
Com vela, cachaça e vinho

Feiticeira recalcada
Feiticeira recalcada
Com vela, cachaça e vinho
Podes fazer bruxaria
Que eu me defendo sozinho
Tu conheces a minha fama

Sai daqui seu zé porquinho
Sai daqui seu zé porquinho
Eu conheço a tua fama
Tu também conhece a minha
Me respeita e não te clama
Tua fama é quebra banco

E a tua é quebra cama
E a tua é quebra cama
Minha fama é quebra banco
E eu não sei que banco é esse
Seja franca que eu sou franco
Vou te trazer num costeio

Eu encilho este potranco
Eu encilho este potranco
Vai me trazer no costeio
Eu sou a nalva aguiar
Que canta e pára rodeio
Sou a paisagem gaúcha

Potranca do meu arreio
Potranca do meu arreio
És a paisagem gaúcha
A paisagem do rio grande
Não é igual esta bruxa
Que não passa na pinguela

Seu cara de puxa-puxa
Seu cara de puxa-puxa
Que não passa na pinguela
Eu rasgo tua bombacha
Depois tu fica sem ela
Te solto lançante abaixo

Mineirinha magricela
Mineirinha magricela
Me solta lançante abaixo
Na hora eu me agarro em ti
Que nem banana no cacho
Se eu cair tu vai junto

Já vi que o gaúcho é macho
Já vi que o gaúcho é macho
Se tu cair eu vou junto
Descemos lançante abaixo
Na chegada eu te pergunto
O que, que nos acontece

Agora eu mudo de assunto
Agora eu mudo de assunto
O que, que nos acontece
Quando chegarmos lá embaixo
Te dou o que tu merece
Um beijo na tua boca

Aí a nalva enlouquece
Aí a nalva enlouquece
Um beijo na minha boca
Não sei se deixo ou não deixo
Ai meu Deus que coisa louca
Eu vou pensar no teu caso

A nalva é a minha touca
A nalva é a minha touca
Tu vai pensar no meu caso
Não tem nada que pensar
Tu és a flor do meu vaso
Eu sou mesmo bom de bico

Não sei se caso ou não caso
Não sei se caso ou não caso
Tu é mesmo bom de bico
Se é assim como tu diz
Sem me casar eu não fico
Podes comprar a mobília

Só tá faltando o tio nico
Só tá faltando o tio nico
Posso comprar a mobília
Vai ser um casal feliz
Lá na terra farroupilha
Quero os teus lábios de mel

Ai meu Deus que maravilha
Ai meu Deus que maravilha
Queres os meus lábios de mel
Já podes chamar o padre
O escrivão faz o papel
Só falta nós dois botar

-Botar o que? Ô cara!
-Azeitona no pastel


Autor(es): Teixeirinha

Las canciones más vistas de

Teixeirinha en Julio