Meganhas assassinas

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

- É isso aí parceiro.
- É...
- Olha, é o seguinte, parceiro. Tamo aí, com uma
parada esperta, entendeu? Tamo lançando aqui um grupo
maneiro, grupo de extermínio, grupo que vai
arrebentar, morou? São os Meganhas Assassinos, morou
parceiro?
- Manda bala! )

Já pedi pra minha nega azeitar meu tresoitão
Amanhã vai ter chacina no Comprexo do Alemão

A PM vai mandar elementos foragido
Uma dúzia de pivete, um engradado de bandido
(Pode crer...)
A nossa carnificina é da melhor qualidade
Perto dela o Carandiru é bazar de caridade

Vai ter tiro, vai ter soco e bandido mutilado
Não vai faltar azeitona, nem presunto fatiado
Cortei o paio de um tarado pra dar gosto no feijão
Com as zorelha fiz torresmo e batida com os culhão

Lá na área da desova não existe preconceito
Morre preto morre branco tudo com tiro nos peito
A nossa matança atinge todas crasse social
Mas às vezes por engano nós fuzila um marginal

( -Cadê a cervejinha? Isso é cervejinha que se
apresente, cidadão?
Essa cervejinha tá muito madura. Eu quero uma
verdinha.
Deixa eu ver esse presunto. Tá faltando azeitona nesse
presunto...

- É isso meu camarada, vamo botando a mão na cabeça.
Mão na carteira que eu falei. Ta a fim de ir em cana,
rapaz?
Aí, eu não to pedindo nada. Você é que tá oferecendo.
- Olha os zomi.
- Nós é que somo os zomi.
- Ih! É rapaz. Tô nem acostumado com essa história.
Então não precisa fugir não, né? Tá tudo certo. )

Canciones más vistas de