Melodrama

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Invisto todo melodrama da minha vida em você, meu bem
E admito os meus pecados transtornados por você, amém

Me restam alguns trocados amassados
Gasto tudo com você, neném
Aceite de bom grado um agrado dado
Vale mais que um vintém, quem tem, tem

Me conta onde vai se aprontar
E vem comigo pro paraguai

Ilegal,
Eu sei, não estava nos seus planos
O beijo que eu dei
Roubado por baixo dos paanos
Tem sabor...

Ilegal
Eu sei, não estava nos seus planos
O beijo que eu dei
Roubado por baixo dos panos
Tem sabor ilegal

Invisto todo melodrama da minha vida em você, meu bem
E admito os meus pecados transtornados por você, amém

Me restam alguns trocados amassados
Gasto tudo com você, neném
Aceite de bom grado um agrado dado
Vale mais que um vintém, quem tem, tem

Me conta onde vai se aprontar
E vem comigo pro paraguai

Ilegal,
Eu sei, não estava nos seus planos
O beijo que eu dei
Roubado por baixo dos paanos
Tem sabor...

Ilegal
Eu sei, não estava nos seus planos
O beijo que eu dei
Roubado por baixo dos panos
Tem sabor ilegal

Invisto todo melodrama da minha vida em você, meu bem
E admito os meus pecados transtornados por você, amém

Me restam alguns trocados amassados
Gasto tudo com você, neném
Aceite de bom grado um agrado dado
Vale mais que um vintém, quem tem, tem


Autor(es): Móveis Coloniais De Acaju

Canciones más vistas de