Me Perdoa Poeta

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

quas quasquasquas quas quas, quas quasquasquas, quas
quasquasquas quasquasquas (2x)

(eu disse poeta falou)

Poeta falou
Que São Paulo enterrou o samba
Que não tinha gente bamba
e não entendi porque
fui a barra funda
fui la no bixiga
fui la na nene
me perdoa poeta, mas descordo de você
(mas é que eu fui la)
a barra funda
fui la no bixiga
fui la na nene
me perdoa poeta, mas descordo de você
Vou lembrar madrinha Eunice, tia olimpias é soldados
caiapós primeiro grupo, do samba mais respeitado
barra funda os boemios, no bexiga os teimosos
paulistano la da glória despresados caprichosos

(poeta falou)

Poeta falou
Que São Paulo enterrou o samba
Que não tinha gente bamba
e não entendi porque
fui a barra funda
fui la no bixiga
fui la na nene
me perdoa poeta, mas descordo de você
(mas é que eu fui la)
a barra funda
fui la no bixiga
fui la na nene
me perdoa poeta, mas descordo de você
Lavapés primeira escola, cavaquinho e pandeiro
nene da vila matilde, de primeiro de janeiro
seu Inocencio Tobias, pé rachado e Carlao
Xango da vila maria, Dona Sinhá a tradiçao

(mas quem falou)

Poeta falou
Que São Paulo enterrou o samba
Que não tinha gente bamba
e não entendi porque
fui a barra funda
fui la no bixiga
fui la na nene
me perdoa poeta, mas descordo de você
(mas é que eu fui la)
a barra funda
fui la no bixiga
fui la na nene
me perdoa poeta, mas descordo de você

Zeca da casa verde, Geraldo filme talisma
Os Demonios da garoa, o saudoso Adoniram
botecao ao bar da beth, o guru esta demais
JB tem só pagode ou então Originais

poeta falou
quas quasquasquas quas quas, quas quasquasquas, quas
quasquasquas quasquasquas (2x)

Canciones más vistas de

Leci Brandão en Febrero