Mulher Vacariana

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

O rancho é pequeno, o catre macio
A vida no cio, a noite serena
O doce veneno que prende e condena
Lembrando a morena de corpo pequeno

(Refrão)
Mulher vacariana olhar de chirua
Num quarto de lua teu sonho declina
Meu mundo se enclina ardendo em desejo
Querendo teu beijo doçura divina
És tu a serrana do meu paraíso
Até no sorriso és pago bendito
É no infinito que tanto procuro
Nos lábios maduros me encontro contigo
Nos lábios maduros me encontro contigo

E quando chegar no fim do meu sonho
Sorrindo proponho jamais separar
Pois quero amar como nunca amei
Afinal te encontrei pra que andejar.

(Repete o Refrão)


Autor(es): Dorval D. Dias / Wilson Paim

Canciones más vistas de

Wilson Paim en Febrero