Mulher Vulgar

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu hoje não vivo com ela
Não é por despeito
A coisa na vida que o homem demora a entender
Quando a mulher que se ama
Nos falta o respeito
Nos envergonha
Tira a vontade da gente viver

Eu conto pra vocês
O que ela pede e que também não nega
Saiu de casa e foi morar no brega
E que toda noite esta no cabaré
Já vi seu pranto
E se tornou uma mulher vulgar
Que falo não despeito
Mas eu não vejo jeito dela voltar

Las canciones más vistas de

Ary Lobo en Diciembre