Dorsal Atlântica

Mestres Ficam Cegos, Surdos São Os Servos

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

1880, O pais imperial vivia em compasso de esfera
O idoso imperador ansiava pela aposentadoria
O fim de uma era!

Preparava a filha para sucede-lo ao trono
Os negros carregavam a economia!
O ultimo rei da america do sul
O ultimo a extinguir o trafico negreiro!

O velho e usado e demente
A miséria caminhava pelo interior
Nada correspondia a realidade
Culpe a senilidade

Os imperadores do palácio de cristal
Construído na cidade próxima a capital
O clima da sua mãe e a vela tropical
Na base da sociedade os militares conspiravam!

Derrubados sem nenhum governo
Isso é mudar
Só mudar, só mudar
Lalalalalala!

Mestres ficam cegos, surdos são os servos
Mestres ficam cegos, surdos são os servos
Convoquei-os tolos
E os sábios da antiguidade
Convoquei-os tolos
E os sábios da antiguidade

Mestres ficam cegos, surdos são os servos
Mestres ficam cegos, surdos são os servos
Convoquei-os tolos
E os sábios da antiguidade
Convoquei-os tolos
E os sábios da antiguidade

Instigados pela inveja
Montagem de cerco, enlouquecerão
Militares não respeitam reis
Nem civis respeitarão
Derrubar susano do governo!

Canciones más vistas de