Metamorfose ambulante

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu prefiro ser... essa metamorfose ambulante, eu prefiro essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo.
Eu quero dizer, agora o oposto do que eu disse antes, eu prefiro ser, essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo, sobre o que é o amor, sobre o que eu nem sei quem sou.
Se hoje eu sou estrela amanha já se apagou, se hoje eu lhe odeio amanha nem tenho amor, lhe tenho amor, lhe tenho horror, e faço amor eu sou um ator.
É chato chegar a um objetivo num instante, eu quero viver essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo, sobre o que é o amor, sobre o que eu nem sei quem sou.
Se hoje eu sou estrela amanha já se apagou, se hoje eu lhe odeio amanha nem tenho amor, lhe tenho amor, lhe tenho horror, e faço amor eu sou um ator.
É chato chegar a um objetivo num instante, eu quero viver(muito mais) essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo(to fora), do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo(nem pensar), do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo.


Autor(es): Raul Seixas

Las canciones más vistas de

Zélia Duncan en Diciembre