Meu amigo Gardenal

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

No canteiro esquerdo
Da minha cama direita
Estão meus comprimidos
Mas não são viagras, não!
Faz parte do conteúdo
Do meu amigo Gardenal

Meu amigo Gardenal
Ele é fundamental
Nas minhas horas de desespero
Ele me sujere um de seus amiguinhos redondos
Eu jogo na água, e tomo... acabo relaxando
Ninguém sabe o que acontece, mas estou amando

Quando fico delirando
Meu amigão
Companheiro dos bons dias
Da tarja vermelha
Me sujere outro amiguinho redondinho
Que jogo na água, e desce pela minha garganta fininho

Meu amigo Gardenal
Pediu pra misturar com cachaça
Tomando bebida alcoólica eu fico bem
Posso acabar no cemitério ou virar refém
Um copo não fará mal, meu amigo nao deixará
Tudo ficará regularmente bom

Meu amigo...
Gardenal
Seu gesto é pacífico
Um amigo tão querido
Que eu arranjei
Você faz isso de boa vontade eu sei

Gar, como é conhecido
Mundialmente por mim
É calmo e frígido
De extrema sensibilidade
Mas não falta habilidade do dom da cura
Ele é meu amigo Gardenal

Tu tu tu tu tu
Meu amigo Gardenal
Do jesto tão carnal
Tu tu tu tu tu
Amigão do peito
Até fico sem jeito
Gardenal

No botequim
Te acompanho
Com meu outro amigo
Joaquim, o fanho
Que fugiu do manicômio
Para nos acompanhar

Os enfermeiros nos cercaram
Os policiais ja se armaram
Meu amigo Gardenal se desesperou
Me deu um amiguinho redondinho
E aproveitou a situação e tomou
Mas a polícia não deixou e o prendeu

Hoje Gardenal vive em São Paulo
Tem três filhos e tem um galo
Que é conhecido simbolicamente por Saulo
Engravidou a galinha da vizinha
Que quer pensão pra cuidar dos pintinhos
Que já conhecem os amiguinhos redondinhos


Autor(es): Guilherme

Las canciones más vistas de

Hangover en Junio