Nada sai do lugar

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

A chuva bate em minha porta
E eu espero a sua volta
Nada sai do lugar

Enquanto eu falo o dedo toca
Lembra aquela noite...
Em mim não vou mais pisar

Joguei suas coisas para o alto
E até cair vai ser outono
Nada sai do lugar

O seu difícil é tão banal
E o meu é ver seu sacrifício
Ser verdade

Até nas poucas frases certas
Busco um mal
Pra poder ser realidade.

Nada sai do lugar
Nada sai do lugar

A chuva bate em minha porta...
E eu espero a sua volta...
Joguei suas coisas para o alto
E até cair vai ser outono

Nada sai do lugar

O seu difícil...

Nada sai do lugar
Nada sai do lugar


Autor(es): Olivia / André Namur

Canciones más vistas de

Olivia en Enero