Fernando Maurício

Na Mouraria

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Na velha Mouraria é onde eu moro
Qual jóia sem valor em áureo cofre

Agora é lá que eu sofro, canto e choro
Como um fadista chora, canta e sofre


Embala-me à janela num sonho lindo
Do Fado suspirando à luz da lua

E as lágrimas que choro vão caindo
Quais pérolas de mágoa sobre a rua


Perpassa o sentimento português
Naquelas ruas tristes e bizarras

E sobre as tuas pedras muita vez
Eu julgo ouvir trinar, velhas guitarras


Na minha vida incalma de fadista
Eu sinto dentro d'alma noite e dia

Vibrar alegremente a fé bairrista
De quem sabe sofrer na Mouraria

Canciones más vistas de