Os Replicantes

Minha Vizinha

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Moro sozinho em um apartamento
No sétimo andar, de um prédio pulguento
Ouço vozes a noite, que vêm da parede
É a minha vizinha que acorda com sede
Vai até a cozinha, abre a geladeira
Minha mente se enevoa, me da uma tremedeira
Eu quero acabar com essa vidinha
Eu quero tocar essa campanha

É a minha vizinha
É a minha vizinha
É a minha vizinha
É a minha vizinha

Quero ficar preso contigo no elevador
No escuro te mostrar o meu amor
Eu te amo através da parede
Vem depressa saciar minha sede
Eu te amo através da parede
Vem depressa saciar minha sede

É a minha vizinha
É a minha vizinha
É a minha vizinha
É a minha vizinha

Moro sozinho em um apartamento
No sétimo andar, de um prédio pulguento
Ouço vozes a noite, que vem da parede
É a minha vizinha que acorda com sede
Vai até a cozinha, abre a geladeira
Minha mente se enevoa, e da uma tremedeira
Eu quero acabar com esta vidinha
Eu quero tocar essa campanha

É a minha vizinha
É a minha vizinha
É a minha vizinha
É a minha vizinha

Quero ficar preso contigo no elevador
No escuro te mostrar o meu amor
Eu te amo através da parede
Vem depressa saciar minha sede
Eu te amo através da parede
Vem depressa saciar minha sede

É a minha vizinha
É a minha vizinha
É a minha vizinha
É a minha vizinha

Canciones más vistas de

Os Replicantes en Septiembre