Hidra

Não mande cartas ao diabo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Não mande cartas ao diabo

Eu tenho visto tantas coisas
E observado em parte
Tantas pessoas más
Se te confio uma escolha
Confusa quase sempre
Embora não será

Sonhos e preces coração na mão
A sombra da maldade é um terço da razão
Vidas impressas coração em vão
Perdidos no espaço
Perdendo a direção

Não mande cartas ao diabo
Nem envie cartões de natal
Depois de hoje todo dia vai ser
Uma manhã de carnaval.


Autor(es): Diego Alexander