Misterios de Amor

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Se não souberes onde estás
Não sei onde estou eu
Fico perdida sem pé
Entre a terra e o céu

Sei que me afastei
Só queria respirar
Mas agora sem ti
Sinto que me falta o ar

Diz-me então onde estás
Para te puder ir buscar
Levo-te o fim da solidão
Um beijo cheio de ar

Não há nada a prender-me
Mas vou querer-me libertar
De não te ter aqui
De ver-te sem olhar

Não há nada a prender-me
Mas vou querer-me libertar
De não te ter aqui
De ver-te sem olhar

Cada vez que eu canto
O canto da minha voz
Ouve-se o desencanto
De já não sermos nós

Canta-me essa canção
Deixa-me acompanhar
O bater do coração
Prometo não falhar

O mistério do amor
Não é quem perde e quem vence
É deixar que o coração
Nos devolva a quem pertence

Não há nada a prender-me
Mas vou querer-me libertar
De eu não te ter aqui
De ver-te sem olhar

Não há nada a prender-me
Mas vou querer-me libertar
De não te ter aqui
De ver-te sem olhar

Se não souber onde estás
Não sei onde estou eu
Fico perdida sem pé
Entre a terra e o céu

Não há nada a prender-me
Mas vou querer-me libertar
De não te ter aqui
De ver-te sem olhar

Não há nada a prender-me
Mas vou querer-me libertar
De não te ter aqui
De ver-te sem olhar

Canciones más vistas de