Moça Namoradeira

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu tenho posto reparo
É no uso de hoje em dia
Que as mocinhas vão no baile
Com vestido a fantasia
Os ombros tudo de fora
Mostrando a pele macia
Tinta vermelha nos lábios
Pra ganhar mais garantia
Desse jeito é que as mocinhas
Perde toda a simpatia
É desajeitado, pros enamorados
Precisa cuidado é uma tirania
Se beija encostado fica rebocado
E o tal fica enjoado por muitos dias

As moças namoradeiras
Eu tenho pena das coitadas
Vive sempre na esperança
De um dia ser casada
Pra pegar um bom partido
E ter a vida regalada
Veste seu vestido curto
Que é o prazer da rapaziada
Sai requebrando o corpo
Igual cobra mal matada
Andam bem vestidas e são protegidas
E por ser querida e por ser amada
São divertida lutam com a vida
As coitadas lidam e não cavam nada

De tarde estão na avenida
Esperando o seu amado
Não demora vem o tal
Com jeitão entusiasmado
De pomada no cabelo
Bigodinho bem pintado
Com seu lencinho de seda
E seu terno bem passado
As talzinha de alegria
Vão dizer pros namorados
Você é um colosso é um bonito moço
O tal fala grosso muito obrigado
Mas tem um desgosto, faço tanto esforço
E o maldito bolso anda sempre aliado

Rapaziada note bem
Esses versos que improviso
Quem se casa neste tempo
É só lucro e prejuízo
E as mocinhas são jeitosas
Vão dizer com ar de riso
Meu amor do coração
Você é meu paraíso
Já se namoramos tanto
De casar agora é preciso
O tal experiente fala calmamente
Já estou muito ciente dos seus avisos
Casar de repente você está demente
Eu felizmente ando bom do juízo

O rapaz por ser ladino
Veja só o que ele fez
Namorou por passar tempo
Namorou duas ou três
Deixa só que vai correndo
Trinta dias por um mês
Você fala em casamento
Você fica sem freguês
Diz que trouxa era quinze
Já morreram dezesseis
Desse jeito então, vou fazer opinião
Digo pela ultima vez
Adeus coração, aperto na mão
Que é de obrigação de um rapaz cortez


Autor(es): Moacyr dos Santos / Sulino

Canciones más vistas de