Não existe poesia sem pecado

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Alma revel, alma revel
Alma revel, alma revel

Não existe poesia sem pecado

Meu rap arria as calcinha
Minha rima é uma febre, pior que a farinha
Foda-se a faminha, não sou muleque
Mas quando eu chego é pro filipe ret
Que elas perdem a linha
Não nego, que meu ego me renova
Quem disse que Deus não dá asa a cobra
Eu roubava otário quando era mais novo, é foda
O mundo faz a mesma coisa
Só que de outra forma
Pseudo socialista
Eu sendo egoísta, sou mais altruísta
Já fugi da clínica, hoje tem baile
Tu pode escrever um livro
Que até meu freestyle tem mais lírica
Chove mulher, eu não preciso pagar
Alguém me dá um coração, porque eu já não sinto nada
Meu corpo não me pertence, quero algo mais forte
Doses maiores sempre
Aonde isso vai chegar?

Alma revel, alma revel
Alma revel, alma revel

Não existe poesia sem pecado


Autor(es): Filipe RET

Las canciones más vistas de

Filipe Ret en Junio