Sérgio Godinho

Não Me Beijes Por Engano

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Coisas...!
O acaso às vezes faz cada coisa...
coisa que se diz do destino
ousas
repousar em mim, felino, o olhar
eu, que hoje nem vinha a este bar
fazes com os dedos um olá furtivo
e logo num caudal revivo
palavras antigas de um ano

Não me beijes por engano
não me causes maior dano
do que aquele que causaste
no dia em que aproximaste
os teus lábios do meu peito
e num momento perfeito
de paz e de assombração
tocaste o meu coração

Tocas
com os dedos mensageiros no corpo
chego-te em controle remoto
voto
em ficar por mais um século assim
bebericando do teu gin
tens já o olhar afogueado e pardo
ardido no vento em que ardo
pousado na brisa em que plano

Não me beijes por engano...etc.

Faço que dormito pra te olhar do meu canto
conheço-te os canto à casa
faz a
tua jura de quem casa comigo
e êxtases novos te predigo
mas não estás só nem mal acompanhada
e talvez que até mais bem amada
aplausos e corra-se o pano

Não me beijes por engano...etc.


Autor(es): Sérgio Godinho

Canciones más vistas de