Não pude mirar teus Olhos

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

"Cuepucha" negra xirúa
não pude mirar teus olhos
em direção ao palanque
me fui ao tranco do baio...
O negro escuro da noite
se salpicava de estrela
me fui tristonho, calado,
chorou por mim as chilenas.
No potreiro a palavra
me matreriou nesse dia
pra dizer-te, frente a frente,
que de "tiempos" te queria.
O teu sonho também era
ser calhandra do meu pago
e sem ficharmos de frente
ficamos os dois calados.

Para aliviar minhas penas
segui o cruzeiro do sul
quatro estrelas "machaças"
nascidas em forma de cruz.
Pra não enlutar a noite
desta pampa potra crua
na imensidão do meu pago
plantou-se um clarão de lua.
A noite, pronto, me abraça
e nem sei por onde anda
talvez fizeste teu ninho
em outro rancho calhandra.
Já venho gasto dos pagos
querência não fiz nenhuma
não pude mirar teus olhos
"cuepucha" negra xirua.


Autor(es): Carlos Madruga / Evair Gomes / Juliano Gomes / MAURO MORAES

Canciones más vistas de

Mauro Moraes en Enero