Nao sou seu brinquedo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Nao sou o seu brinquedo, nem copo descartavel, sou sua mulher.
Nao sou qualquer uma,mas vc nao enxerga, abra os seus olhos.
Pq muitas vezes fiz o impossivel por vc,
cobri sacanagens suas pra ninguem saber
Pro povo nao zombar de mim na rua ao me ver.
Ja vi no porta luva do seu carro nota de motel
Isso nao tem nada a ver o destino cruel
E vc que e safado sem vergonha mesmo.
O ferro muitas vezes se desgasta com pouca ferrugem.
Ja cansei de esperar que vc mude.
E inutil minha paciencia escutou.
Eu sou um ser humano e o meu coracao nao e de aco.
Vou tentar me refazer juntar os meus pedacos
Se nunca me deu, alguem pode me dar amorr.

ao sou o seu brinquedo, nem copo descartavel, sou sua mulher.
Nao sou qualquer uma,mas vc nao enxerga, abra os seus olhos.

Canciones más vistas de