Leny Andrade

Não Te Dói a Consciência

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Quando eu estava na flor da idade
Sei que me tinhas amizade
Sempre sorrias para mim
Sinto saudade daqueles beijos de outrora
Zombas por eu ter perdido a mocidade
Não tardas em me dizer que vais embora

Eu faço tudo para não te ver contrariado
Sempre soube te prezar
Ó meu doce amado
Não te dói a consciência em eu ser sacrificada?
Será que tens coragem de me deixar abandonada?


Autor(es): Ary Monteiro / Augusto Garcez / Nelson Cavaquinho