Nascente

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Sempre que olho pra você
Tudo em mim vira um mar de prazer
Não consigo mais disfarçar
Desse jeito é difícil viver
Quero uma chance
Para abrir o teu segredo
Te levar pra longe
E matar o meu desejo
Quando eu te vejo passar
A vontade é maior que o olhar
Nunca senti nada assim
É demais esse fogo sem fim
Mata minha sede
Seja a minha nascente
Seja minha rede
Quero me deitar pra sempre
E morrer de amor com você
E morrer de amor


Autor(es): Chiquinho Dos Santos

Las canciones más vistas de

Bokaloka en Septiembre