Negra

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

E então foi com graça e gemido
Que deu-se o ar de sumida
E eu a te procurar
Trago ramos de lírios para enfiar nos teus cabelos
Pra sua face negra
Noturna silenciar
Negra, negra

Sua boca nua
Sua voz de lua
É o aroma da saudade
Que está a te castigar
Na pele do tempo, nos poros da casa
Na tatuagem da sua voz

Negra, negra
Um pedaço de solidão está a te castigar
E eu sou esse pedaço de solidão
Até a hora de te encontrar
Negra, negra


Autor(es): Fábio Paez / Tom Zé / Vicente Barreto

Canciones más vistas de

Grupo Capote en Abril