Neguinho do Samba Reggae

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Mesmo as correntes impunes do mal feitor
Tentando laçar as minhas mãos eu fiz
O ritmo forte do tambor
Ressoar como lamento no coração de uma criança

Vi meu irmão fenecer com a carta de alforria
Mesmo até sem entender porque o afro ria
Num ambiente claustrofóbico de energia ancestral
Travei batalha, fiz conchavo, armei meu corpo, lutei demais
E hoje essa arma é musical

Samba reggae revolução tradicional
Samba reggae essa arma é musical

Com a carta na manga todo mundo se encanta
Dança, canta se esbanja e o instinto é natural

Quando toca o tambor o mundo balança
Africanamente Neguinho do Samba
Reggae


Autor(es): Tonho Matéria

Canciones más vistas de