Nega Maluca

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

No meu rincão apareceu uma mulata veio la do rio da prata tava louca pra casar
A gaúchada me meteram num fuxico disséram que eu éra rico ela foi me procurar
Chegou no rancho dengosa e perfumada sem serimonia sem nada foi falando de amor
Se escarrapachou e foi deitando nos pelegos tirando omeu soscego com um olhar provocador


Nega maluca o que voce esta pençando
Não me agarre não chegue me dominando
Nega maluca chegou me apertando
Me rasgou a roupa e no chão foi me jogando


Eu sou gaúcho sou campeiro sou bem serio eu sou desses galderio que leva avida no berro
Mas sou de carne tenho sangue tenho osso só de lenço no pescoço eu fiquei não de ferro
Nos meus pelegos voou lâ pra todo lado não deu deu nem m minuto nós ja estava atracado
E veio a noite e ja foi chegando o dia ´deús do céu que judiaria amanheci todo estropeado


Autor(es): Adenir Seifert / IVACIR SOARES

Canciones más vistas de