Nem Todo Pirata Tem Perna de Pau

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Hoje o ataque é no meu carnaval
Nos sete mares não há nada igual
O meu pirata inocente e feliz
E rouba a cena com a imperatriz

Névoa sobre o mar
Um infinito para navegar
Nos livros temidos, tesouros perdidos
No mastro, a caveira estampa a negra bandeira
Ilhas abordam sonhos
Papagaio nos ombros
Olho de vidro, perna de pau
Imperatriz nessa festa
Reafirma e contesta:
Nem todo o pirata tem essa cara de mau

Fogo nos canhões, ouro, tentações
Era preciso navegar... Atacar!
Espanha e portugal, riqueza tropical
Fez a cobiça despertar... Tem combate no mar!

A virgem inglesa, o sol francês
As companhias de comércio do holandês
Incentivavam corsários e invasões
E recompensavam os tais ladrões
Até minha guanabara foi invadida
E a cidade saqueada
A pirataria não cessou naqueles dias
Chega aos atuais...
Cds, livros, tênis, madeira
Mas sem tapa olho e bandeira...
Dos livros e tempos coloniais


Autor(es): Maninho

Canciones más vistas de

Wander Pires en Febrero