No Pará Não Tem Seca

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Meu Deus que saudade medonha
Um dia vou ter que voltar
Pra ver meu amor tão querido
Que espera um dia eu chegar
Eu vivo num mar de lembranças
Porque meu amor ficou lá
Amarga ilusão foi aquela
Deixar meu Belém do Pará

Lá no Pará não tem seca
Nasci e me criei no lugar
Por isso eu tenho certeza
Quem fala é porque não foi lá
Pra ver a lua tão branca
Nos braços da noite a caminhar
Mesmo que seja distante
Um dia vou ter de voltar

Las canciones más vistas de

Ary Lobo en Diciembre