Estado das Coisas

No Calor Das Ruas

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Os dados foram jogados a própria sorte
a chance foi dada - bala perdida
a graça de Deus não foi alcançada
e as nossas feridas são carne de corte

o crime e o castigo resumem o pecado
o recado foi dado o corpo estendido
a indiferença está no contrato
as grades provocam o que já foi esquecido

bota prá foder , bota prá foder , meu irmão
bota prá foder , bota prá foder então

O lixo e a alma postos a venda
provocam os sentidos no calor da rua
se o resto é delírio das massas fodidas
adeus, teu sono jamais será tranqüilo

em cima do muro dois lados opostos
o jogo está duro
fratura exposta aos quarenta e cinco
a rádio informa:
tal como os mosquitos morreram os jovens


Autor(es): Cláudio Joner / Tiago Ferraz

Canciones más vistas de