Mind Da Gap

Nocturnos

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


A noite é minha amante, companheira de insónias
É com ela que embarco nas viagens mais insólitas
Pelas zonas mais recônditas da minha consciência
Embalado numa natural ambivalência
Às vezes, quase sufocado, peço clemência
Peço à minha cabeça que pare por um bocado.
Mergulho em estados vários, munido de lunários
Livros de memórias e poemas solitários
A noite é uma arena, onde confronto fantasmas
Meus medos, minhas ânsias, minhas falhas
Qual D. Quixote, de espada apontada ao nada
Qual palavra dada à confiança de uma surda-muda
Minha confidente autista que só se afasta
Quando o sol a empurra para lá do alcance da vista
Enquanto presente, inspira-me e absorve-me
Protege-me, acompanha-me e conforta-me, sente…
Monólogos são simultaneamente a causa e o efeito
Desta adoração da qual tiro pouco proveito
Admito, mas a noite é ciumenta
Penso trocá-la pela prima diária e ela não me deixa
Não tenho força… e ela sem mim, também não passa.

À noite desperto pela noite dentro
Movimento-me quantas vezes não tento
Parar a escuridão procurar a luz, um corpo são
Uma cabeça atinada anestesiada mas desperta
Para a vida do dia a dia encarrilada
Onde todos fazem o que fazem não sabem
Ou simplesmente esquecem que à noite despem-se
Fardas de farsas despedem-se de regras
Mais profundas as almas
Mais complexas as atitudes estranhas
Este buraco negro no tempo
Cola tormento ao contentamento
Chama opostos ao entendimento
Num irrefletido invulgar comportamento
Reparo, anoto e pauso o momento
Analizo aproveito, enquanto concentro
Calma e melancolia dentro deste mesmo pensamento
Entre cumplicidade do vazio provoco actividade
Criatividade sem a luminosidade do sol
A vastidão do espaço reflete a minha própria liberdade
Então torno-me susceptivel à emotividade porque
Observo as ruas a chorar nas luzes da cidade
Com intensidade por meio d'uma lágrima sei q
Por cada candeeiro, aceso no passeio
Por cada noite às claras que foi q e veio
Eu mantive-me acordado para obter o q vos leio


Autor(es): Mind Da Gap

Canciones más vistas de

Mind Da Gap en Octubre