Maria e Seus Malucos

No meio do caminho


Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

No meio do caminho

Fantasmas voltam?!
Rodeiam procurando brechas
Eis aqui...
Eu neste casulo, tentando eclodir
Seus limites são meus sonhos
Reais e alcançáveis...
Quem boicota mais?
Eu ou as circunstâncias?
Pois não sei o que é pior!
Escrava destas?
Inimiga de mim?
"Carcasse, tu trembles? Tu tremblerais bien d'avantage si tu savais où je te mene. "
Mil razões encontrarei...
E de fato... muitas são reais!
O que é a vida?!
E de que serve ela?!
Se não puder dar tudo de si?
Ser extremo em arte ou ciência
Pois basta um limite, que é a morte.
Que os outros sejam rompidos... todos
Superstições, valores, crenças...
E creia!
Um "por favor" pode ser...
Nada mais, nada menos...
Que uma chantagem emocional
Superfícies..., grades invisíveis.
Quem sou eu? Quem és tu?
Como se achar no direito de inferir...
Defeitos..., qualidades..., atos?!
Fraqueza...?! Sim a tenho!
Todos têm...
Com diferentes ângulos e/ou intensidades!!!

Canciones más vistas de