No Relógio da Madrugada

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

São onze horas que o relógio vai marcando
É o desespero tomando conta de mim
Mais outra cerveja neste copo bebendo
A noite passa e a madrugada não tem fim

O garçom agora me pediu pra ir embora
É a ultima cerveja pra mim tomar
Desesperado então saio é pelas ruas
Saio a procura pela porta de outro bar

Estou cansado de viver nesta solidão
A noite é triste sem o amor desta mulher
O desespero machuca o meu coração
Sinto o prazer é só quando ela me quer

São onze horas que o relógio vai marcando
Mais outra vez estou bebendo é neste bar
É a boemia que esta acabando comigo
Solidão assim, também pode é me matar

E no relógio a madrugada vai marcando
Que Já são é quatro horas da manhã
E o garçom agora quer fechar este bar
Eu ainda esperando por esta mulher

Estou cansado é de viver nesta solidão
A noite é triste sem o amor dessa mulher
O desespero machuca o meu coração
Sinto o prazer é só quando ela me quer


Autor(es): VALDECI JOSE DOS SANTOS

Canciones más vistas de