Normal

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Você que julga ser diferente
Da grande maioria
Só queria ser julgado
Pela grande maioria como igual
No fundo

Você que está um passo à frente
Da hipocrisia do mundo
Não seria amparado
Pela boa fé de se julgar igual
Num mundo diferente

Você
Que sente ameaçada
Sua monotonia
Pois não devia

Você
Que é sempre tão constante
Não tema um levante
Tudo permanecerá

Normal...
demais

Você que encontra na estranheza alheia
A rendenção dos seus pecados
Não teria seus pecados redimidos
Se o estranho fosse a coisa mais normal
Do mundo

Você que malha e pisoteia, todo dia
A traição de seus preceitos
Malharia seu espelho
Se por existir fosse julgado o maior traidor
Do mundo?

Você
Que não tem preconceito
Será que leva jeito
Pra sofrer algum?

Você
Que é exemplo de beleza
Não morra de tristeza
Se todo o mundo lhe achar

Normal...
demais

Julgue-se bem,
Julgue-se mal,
Mas julgue-se
Longe de mim!


Autor(es): AllanZi