Alan e Aladim

O Adeus de Quem Ama

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

O adeus de quem ama é tão triste
Sai dos lábios entre prantos e ais
Foi assim que chorando deixou-me
E chorando a deixei para trás
Foi tão triste, porque amando tanto
Sentimos em prantos que não dava mais

Deu-me um beijo e entrou quase louca
Percebi nossa triste verdade
O futuro morrendo em adeus
E o passado vivendo em saudade

Separados nós dois somos tristes
A lembrança de tudo é demais
O adeus pra quem ama acontece
Nós provamos o gosto que traz
E na dor, vamos nós até quando?
Sentirmos em pranto que assim não dá mais

Deu-me um beijo e entrou quase louca
Percebi nossa triste verdade
O futuro morrendo em adeus
E o passado vivendo em saudade


Autor(es): Darci Rossi / Marciano

Canciones más vistas de

Alan e Aladim en Julio