Marco Paulo

O Amor é Louco

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Nunca vem se alguém o chama
P´ra surgir nada é preciso
O amor tem tão má fama
Que diz quem ama
Não tem juizo


Podem de tudo o acusar
Que ao amor nada lhe importa
Não se faz anunciar
E para entrar
Não bate á porta


REFRÃO:


O amor é louco
Não façam pouco
Desta loucura
Talvez quem ria
Fique algum dia
Louco e sem cura
Só quem não senta
Fala da gente
Já percebi,que vão falando
Também eu ando
Louco por ti



O amor é insensato
Nunca vi tonto maior
Vive sempre em desacato
E se o maltrato
Nada é pior

Anda por ai á toa
Liga a todos e a ninguém
Ora amua ora perdoa
E até magoa
Quem lhe quer bem


REFRÃO:


Autor(es): João Dias Nobre

Canciones más vistas de

Marco Paulo en Abril