Estrela Leminski e Téo Ruiz

Nosso Livro

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Você demorou tanto pra dizer
Nem tanto quanto eu tentando perceber
Que só a presença não basta

O amor é um achado e não se desfaz
Cada dia assim, quando você sai
E essa saudade que vem e vai

Mesmo assim, sem ter sol
Sem ter nada, enfim, só você em mim
Cantando lá pra me encontrar
Eu vou transformar meu canto em Gibraltar
Minha prosa, meu poema sem rimar
O nosso livro de algum lugar

Minha palavra e atravessa o mar
Te esperando lá quando você chegar
Pra não te deixar só

Não importa nem onde estaremos
A nossa casa é o instante em que vivemos
É nossa história, lá em Xangu, Xangri-lá ou Xangai

Mesmo assim, sem ter sol
Sem ter nada, enfim, só você em mim
Cantando lá pra me encontrar
Eu vou transformar meu canto em Gibraltar
Minha prosa, meu poema sem rimar
O nosso livro de algum lugar

Mesmo assim, sem ter sol
Sem ter nada, enfim, só você em mim
Cantando lá pra me encontrar
Eu vou transformar meu canto em Gibraltar
Minha prosa, meu poema sem rimar
O nosso livro de algum lugar


Autor(es): Estrela Leminski / Teo Ruiz

Canciones más vistas de