Nostalgia 65

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

parei...olhei...
de repente percebi que o mundo inteiro num segundo se transformou
e apesar de tudo eu sinto aqui dentro de mim quase nada mudou
pulo na motocicleta.Penso no meu calhambeque minha calca justa minha bota meu carrão e meu terno
sinto a todo instante uma saudade e aquela mesma vontade de mandar tudo pro inferno
nesse inverno de des anos queimo os panos velhos trapos de canções
eu parei
com a mesma brasa que ate hoje queima fere funde e grita em vão
eu pensei
já não corro a 120 anos meus vinte e poucos de ilusões
eu pensei
parei na contra mão
parei... olhei...
percebi a falta de uma estrela que me aponte no sul um caminho
se é verdade mesmo que os fortes ventos do norte não movem moinhos
mando ver um som bem alto no meu sintetizador
enquanto meu velho sax alto rouco e farto do inverno
sente a todo instante uma saudade e aquela mesma vontade de mandar tudo pro inferno
o meu tempo não perdoa e continua ainda cada vez menor
eu parei
e a garota papo firme já nem sei certo se existe ou não
eu pensei
entro no meu carro e sinto a mesma solidão em proporção maior
eu cansei
parei na contra mão


Autor(es): Silvio Brito

Canciones más vistas de

Silvio Brito en Enero