Bráulio e Ricardo

O Doutor e a Empregada

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Mamãe eu estou gostando da empregada
E cada dia que passa eu gosto mais
Não é por ter casa limpa e roupa lavada,
Nem tão pouco pela comida que ele faz!
A sua simplicidade me conquistou,
Eu sinto que ela sente o mesmo por mim
Não importa o que ela é, nem o que sou
Não quero que o nosso amor venha ter fim.

Pode me bater, pode me pisar, pode me xingar,
Pode me humilhar, pode em chamar de doutorzinho meia tigela
Pode fazer tudo que eu não em zango com a senhora
Mas se mandar a empregada embora, eu vou com ela.


Autor(es): Augusto Alves Pinto

Canciones más vistas de